Resenhas rápidas: músicas de jovem

Envolvimento
MC Loma

A estética e autenticidade de MC Loma são fascinantes. Ela encarna o puro suco de Brasil em muitos sentidos: conduz um hit chiclete que, como ela bem avisa, “na sua mente vai ficar”; o clipe é de baixo orçamento, com efeitos de luz, locações, figurino e maquiagem feitos para reforçar aquele ar de produção caseira. Detalhe para a cadeira de sol do Club Social, as garotas dançando no chuveiro do quintal de alguém, as cenas gravadas na rua: elas estavam genuinamente se divertindo. Há um deboche encantador nisso tudo; talvez MC Loma, sensualizando de batom laranja-neon, e as Gêmeas Lacração, abanando a líder com folhas de um pé-de-mamão, estejam tentando nos passar a mensagem de nos levar menos a sério. Cebruthius!

Siempre Triste
Gianluca

Considerado o príncipe do trap chileno, Gianluca canta que não se estressa, vive a vida tranquilo, afinal, sabe que não vai chegar ao topo mesmo. Quase um hino rebelde contra o pensamento estabelecido que é preciso ser mais, ter mais, ser sempre feliz. Ele não tem o menor problema de se assumir triste, enquanto toma uma água de coco na piscina, com a mesma empolgação de uma boia murcha. A estética do clipe é genial: mistura cliparts, gifs, recortes pixelados, transições duvidosas e letterings atravessados na tela, lembrando algo meio tumblr, meio insta stories, meio internet dos anos 90. Fora as cenas mostrando tazo de Pokémon e a fixação com o melão. Cadê vídeos tentando explicar as milhares de referências contidas nesse clipe? Acho que merece.

Icon
Jaden Smith

Apesar de ser de uma realidade bastante mais privilegiada que a dos jovens anteriores, afinal, estamos falando do filho de Will Smith, Jaden também aposta nessa estética do “feio descolado”. O exagero das correntes, os dentes de ouro, o cabelo oxigenado: Jaden parece ter se esforçado para se embarangar (um esforço inútil?). Com passinhos de dança que só alguém que nunca precisou pisar num escritório poderia fazer, Jaden canta sobre o que significa viver sendo um ícone, isso enquanto aparentemente espera por um guincho para o seu carro (mas vem cá, filho, todas essas portas precisam MESMO estar abertas?). Tal qual MC Loma e Gianluca, Jaden também abre uma janela para a sua realidade, que não é menos válida por ele estar no topo do mundo.


Texto originalmente escrito em junho de 2018, então talvez essas músicas não sejam mais tão de jovem assim. O tempo voa.

Escritora, ilustradora, ilusionista. Conto quem eu sou um livro por vez.

1 comments On Resenhas rápidas: músicas de jovem

  • “Detalhe para”. Nego acha que isso é escrever em PT-Br… e que a tal da cultura pop foi elevada de alguma forma a um assunto do mesmo tope da literatura.

    Depois que ninguém dá bola pra tanta merda q escrevem, vêm as preguiçosinha de cabelo joãozinho reclamar “ainnnnnn o patriarcado não abre espaço pra literatura FEITA POR MULHERES”. Vão cagar no mato.

    Ler uma Hilda, uma Cecília Meirelles mesmo que seja, ninguém quer.

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer

Sliding Sidebar

Receba novos posts por email

Saiba em primeira mão quando tiver leitura nova por aqui, beibe

Instagram

No images found!
Try some other hashtag or username

Visite minha loja

Minha central de newsletters

Downloads